Texto/Poema

Há muito a nossa volta!

Estas já são palavras ponderadas para vos dizer sobre o que o meu espírito queria expor.

E isto acontece-me frequentemente e penso que seja comum em muitos de vocês.

Tem dias que simplesmente o meu cérebro não desliga (há coisas boas e menos boas nisso) principalmente se for para “vomitar” o que o espírito sente. Há momentos em que aquilo que sinto não pode ficar guardado só para mim. É como se o espírito tivesse um contrato com o cérebro e a mão é intermediário para registar esse momento.

Ontem foi um desses momentos para trazer esse contrato ao de cima.

Quase pronta para ir dormir, recarregar baterias, fui a varanda. A noite estava linda. O vento sussurrava entre as arvores, céu brilhante de estrelas, ouvia-se gatos a miar, sentia-se um frio leve que de certo modo me agradava para equilibrar o calor dos pensamentos e uma paz…que me levou a escrever o seguinte sem filtros:

“Há muito a nossa volta.

É por isso que a noite me acalma. É quando namoro comigo mesma e deixo a noite dar-me o melhor que ela tem – serenidade.

Precisamos de muitas vezes apagar o brilho, para economizar as nossas emoções! Ou seja, é essencial desligar!

Desliga-te e transporta-te a outra parte de ti para um lugar que só tu conheces e onde só tu podes estar.

Sente o sangue que te corre nas veias, isso é vida sabias?

Vive, ama intensamente, aventura-te quer em corpo, quer em espírito.

A noite permitiu-me refletir sobre isso porque quando estou calma, visualizo tudo o que está a minha volta.”

Fiz o meu rascunho e o meu espírito sossegou.

Conclusão que tirei, as vezes é preciso entender que tudo o que nos rodeia tem sempre algo para nos oferecer se por alguns instantes, abrires o teu espírito e observar.

Por vezes, abrandar não chega. Pára mesmo, sente e regista. Foca-te só na emoção do momento. Sente a vida. Quando digo – sente a vida, refiro-me a 2 coisas, a tua vida, o teu sangue quente a circular pelo teu corpo e o ar a entrar e sair dos pulmões e sente a vida a tua volta.

E agradece. Por mais mau que o dia tenha corrido ou porque te sentiste triste ou desmotivada/a – agradece porque viver já é um motivo, ter onde dormir, com comida no estômago ou adormecer com sonhos são motivos suficientes para agradeceres.

Obrigado pelo dia de hoje e por esta reflexão.

Hora de me transportar para a terra dos sonhos.

Boa noite.

2 thoughts on “Há muito a nossa volta!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s