Texto/Poema

Não te isoles!

Nem sempre, mostramos ao mundo como estamos quebrados por dentro.

O nosso sorriso, a nossa alegria, a nossa maluqueira, são disfarces da nossa dor.

Dor essa causada por alguém, que nos fez questionar a nossa própria essência.

Por alguém, que pôs em dúvida os nossos princípios!

E é nos momentos de desespero, de solidão que batemos no fundo.

Atingimos o fundo, quando já não vemos soluções, quando nos sentimos desamparados. Ou como no meu caso, quando não consegui mais aguentar o mundo sobre os meus ombros.

Chama-se a isso o nosso limite.

Mas hoje aprendi, que não tem mal. Não tem mal ter essas quedas de emoções, para depois dar valor a subida. Aprendi que há sempre solução enquanto houver vida. Aprendi que chorar faz bem e alivia a alma.

A inocência tem destas coisas, ter um coração cego tem destas coisas.

Mas não toleres nunca que te maltratem!

Talvez já foste feliz, mas agora, podes ser feliz e forte.

Não te isoles!

Patricia Vila Nova

08 Fevereiro 2021

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s