“Atos do Amor”

Como os dedos se tocam,

Se acariciam.

Como é possível, o nosso calor

Se transformar num fogo insaciável!

É saudável, inacreditável.

Uma explosão de sentimentos,

Delírios, loucuras, sorrisos e abraços!

Como o nosso corpo se encaixa

Em plena perfeição, sem duvida presente,

Apenas guiados pelo coração,

Dizemos que sim, demonstramos,

Damos e recebemos.

A respiração é forte,

Profunda!

São estes os atos do amor!

Fechamos os olhos,

Com o toque suave dos teus lábios

Meu corpo percorres e assim

Recomeça o ciclo!

A pulsação aumenta e rebenta

A bolha do amor,

Que por nós um dia passou ou abrandou!

Voltamos a fechar os olhos,

Apenas ouvimos o coração,

De pura alegria e cansaço

Deste imenso amaço que é a paixão.

É depois disso então?

Fica a questão

Para cada um resolver.

Se vais conseguir responder?

Só saberás, se o medo enfrentares.

Afinal o amor é uma luta,

Guerra, com derrotas e vitórias,

Graças e glórias!

Poeta seja quem entender o amor

Quem não for,

Apenas aprecie.

PVN – 7:25H – 28 de Março de 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s